Observatório Latino-americano do DNS


Áreas de interesse

Este projeto foi baseado na área de interesse de operações do Plano Estratégico da LAC de 2016 a 2020.


Grupo de trabalho

O grupo de trabalho é composto pelos membros da comunidade regional da ICANN:

  • Hugo Salgado – Nic Chile
  • Lia Soliz - Entel Bolivia
  • Alejandro Acosta - LACNIC
  • Antonio Alberti - Inatel Brasil
  • Victor Hugo de Oliveira – Inatel
  • Juan Manuel Rojas - Colômbia


Histórico

Em 10 de abril de 2013, durante o encontro ICANN 46, realizado em Pequim, a versão final do Plano Estratégico da LAC foi apresentado pelo Comitê Gestor.

Os membros do Comitê Gestor concordaram quanto à necessidade de haver um projeto para desenvolver um Observatório Latino-americano do DNS, que funcionaria como um ponto de medida para parâmetros de protocolos técnicos no DNS (Domain Name System, Sistema de Nomes de Domínio).

Posteriormente, o Comitê Gestor do Plano Estratégico da LAC reuniu-se em 2015, em Montevidéu, para revisar o plano e avaliar o progresso feito até o momento e para alinhar ainda seus objetivos com o Plano Estratégico da ICANN de 2016 a 2020.

CComo resultado desse encontro, a região agora tem um Plano Estratégico da LAC de 2016 a 2020, incluindo o projeto do Observatório Latino-americano do DNS, outros projetos planejados anteriormente e uma série de novos projetos.


Estrutura proposta

  • Objetivo

    O Observatório Latino-americano do DNS tem como objetivo estabelecer um ponto de medida regional para parâmetros de protocolos técnicos do DNS (Domain Name System, Sistema de Nomes de Domínio) a fim de aumentar o conhecimento sobre essa tecnologia essencial e de medir a implementação de novos aprimoramentos e conformidade com padrões.


  • Escopo

    O Observatório Latino-americano do DNS trabalhará na base de ter parâmetros técnicos rigorosos e fazer medidas ativas de diferentes pontos da Internet na região.

    Ele buscará cooperação regional com TLDs e ccTLDs para atender às métricas definidas pelo grupo de trabalho do projeto.


  • Medidas

    Número de servidores do DNS por domínio.

    • Indicar/consultar o número de servidores respondentes para cada nome de domínio.

    Número ASN e diversidade por DNS de domínio.

    • Verificar a eficiência a partir da perspectiva de roteamento.
    • Distribuição de segmentos de IP por DNS de domínio.
    • Verificar a eficiência a partir da perspectiva de roteamento a fim de confirmar se eles não estão na mesma sub-rede.

    Integridade dos servidores do DNS.

    • Suporte mínimo de padrão (DNS, consultas incorretas, TCP).
    • Verificar a conformidade com os padrões mínimos e as práticas recomendadas nas operações de serviços do DNS.

    Métricas de segurança (portas variáveis, ausência de recursividade etc.).

    • Fazer a consulta recursiva para servidores autoritativos a fim de detectar vulnerabilidades.

    Penetração do IPv6 e DNSSEC.

    • Demonstrar as taxas de penetração do IPv6 e DNSSEC.

  • Servidor

    O servidor do Observatório Latino-americano do DNS foi instalado no escritório do NIC do Chile na cidade de Santiago, no Chile.


  • Relatórios

    Após a coleta de todas as informações, três relatórios serão publicados anualmente de maneira contínua e usando as mesmas métricas a fim de comparar a evolução dos resultados. Isso permite acompanhar a evolução e, ao mesmo tempo, implementar novas tecnologias, bem como medir resultados de aprimoramentos e alterar políticas.


  • Medição

    Ter pelo menos um ponto ativo de medição com uma lista de domínios disponíveis. Os TLDs que contribuírem para essa iniciativa deverão fornecer suas zonas em um formato privado e seguro. A partir disso, as consultas por nome de domínio serão feitas.

    Também é possível obter listas de domínios parciais por outros meios, como a lista Alexa de países.


  • Privacidade

    Devido a restrições de privacidade em cada país, a lista de domínios de um TLD pode ser considerada privada e com dados confidenciais. Nesse caso, será necessário assinar um compromisso para o uso apropriado das informações apenas para fins de pesquisa, e a lista de domínios ou os resultados detalhados, que poderão fornecer pistas, não deverão ser divulgados. Somente os resultados agregados para toda a região poderão ser divulgados publicamente.